Tempo andalusi, por Iolanda Aldrei

0 comentários 🕔09:20, 28.Mai 2014

Passam os dias e os anos.
Levam os tempos caminhos
ao sentir da confluência.

Descem os impérios até um copo
do que apenas sabem pombas brancas.
Elas ocupam a pedra e os silêncios,
redimem na sua sombra o claro-escuro.

Temos corpo sem asas.
Carecemos da visão solene,
do estatismo
a pairar nos céus e nas idades.

Ficou Al-Andalus a desenhar aromas.
Bate a luz neste sonhar.
Fio de água, história em rio.

Sobre o autor / a autora

Iolanda R. Aldrei

Iolanda R. Aldrei

(Galiza)

Sem comentários

Ainda não há comentários

Ninguém deixou um comentário para este post ainda!

ESCREVA UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE POST

Escrever um comentário 

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *