Cada um no seu: O adubo que virou flor. Série “Histórias do Universo dos Falantes” História 12/40

0 comentários 🕔11:45, 11.Fev 2015

Série “Universo dos Falantes // e-book “As mais de 40 histórias do Universo dos Falantes” #euamocriar

80x80x80-015 (CAUMNA cada um na sua) (1)

80x80x80-015 (CAUMNA cada um na sua) (2)

80x80x80-015 (CAUMNA cada um na sua) (3)

80x80x80-015 (CAUMNA cada um na sua) (4)

80x80x80-015 (CAUMNA cada um na sua) (5)

80x80x80-015 (CAUMNA cada um na sua) (6)

80x80x80-015 (CAUMNA cada um na sua) (7)

Abri os olhos num susto.

Ouvi um cara falando. Falava muito. Putz!… Como fala e fala e fala.

“Meu Deus”, pensei, “Será que ele tem consciência do dessabor matinal que ele provoca agora?”

De sua glote barulhenta saia um mundaréu de palavras…. Conseguia vê-las voando, caindo no chão, desmontando-se desoladas, em seu próprio desprezo. Alquebradas, eram palavras-zumbis.

Levantei meio zonza, olhei pela janela e consegui focalizar um sujeito que, encerrado em seu mundo, era como um trombone, mas desconfigurado. A boca aberta, em movimentos constantes, simplesmente não parava. Os olhos estavam enfiados na face e longes, muito longes. Percebi que nem os olhos, nem o homem, não estavam mais lá. A única coisa presente era sua boca.

Então pensei: “Mundos e mundos, cada um está no seu. Eu cá, o cara lá, o outro ali, perto. Às vezes bem perto. E assim vamos indo, todos juntos-separados, indo”.

Larguei o reclamão lá fora. Melhor, fora de mim.

Fechei os olhos e daquele monte de adubos vocabulares, flores começaram a nascer em meus ouvidos.

“Você viu?”

“Não, ouvi a mágica que passou a acontecer!”.

Trans-mude e o adubo se transformará em flor!

Sobre o autor / a autora

Lu Paternostro

Lu Paternostro

(Brasil) Chamo-me Luciana G. Paternostro mas assino minha produção artística como Lu Paternostro. Sou artista plástica, designer, ilustradora, amante da fotografia e da cultura tradicional brasileira. Nasci e vivo em São Paulo, na capital. Fui aluna de importantes artistas brasileiros como Julio Plaza, Nelson Leirner, Evandro Jardim, Regina Silveira, Donato Ferrari, Donato Chiarella. Já participei de várias exposições coletivas e de publicações do segmento da arte e design. Como designer desenvolvo ininterruptamente trabalhos com meu grafismo, particularmente a série “Mundos Intrincados”, desde a década de 80, gravitando entre a expressão artística, a arte aplicada, integrando as minhas ilustrações ao design de produtos e peças publicitárias. Atualmente exploro a arte multimídia também, migrando meus grafismos para um ambiente interativo, permitindo a participação do público na minha criação, explorando novos meios que permitem a fruição de meus desenhos, personagens, cenas e mundos intrincados que vou criando.

Sem comentários

Ainda não há comentários

Ninguém deixou um comentário para este post ainda!

ESCREVA UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE POST

Escrever um comentário 

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *