Tartaruga: <em>Irrigação do Sonho</em>, Deslize & Grupo Surrealista Galego

Tartaruga: Irrigação do Sonho, Deslize & Grupo Surrealista Galego

0 comentários 🕔09:30, 10.Mar 2016

DESLIZE (pt) e XALUNDES (gz)

O 3º volume das Fatiloquências, do colectivo A Besta, responde ainda ao desafio lançado pela stress.fm – uma compilação, ou falsa mixtape, de registos sonoros de projectos no seio do colectivo ou “chancelados” pelo colectivo, sejam eles gravações de estúdio, ao vivo, ensaio ou experiências individuais de alguns membros. Dos temas recolhidos destacamos o seguinte:

1 – Deslize & Grupo Surrealista Galego – Irrigação do Sonho (c/ Ramiro Torres)
Esta é a segunda faixa lançada na web de um trabalho que comporta já um ano de comunicação (também pela rede) entre os grupos Deslize e Grupo Surrealista Galego (ou Xalundes). A primeira faixa foi lançada no soundcloud do colectivo, “De onde nasceste” (Nuno Mangas-Viegas). Este trabalho chama-se “Tartaruga”, um álbum colectivo, com conceito de João Sousa, música dos Deslize (Hélder e João), poemas dos membros do GSG (Ramiro Torres, Alfredo Ferreiro, François Davo e Xoán Abeleira) lidos pelos mesmos. O resultado é música lenta, composta na base do sampling (um trabalho de corte e costura, que mistura trechos de anteriores gravações de Deslize, assim como novos samples gravados por Hélder José e trabalhados por João Sousa; assim como grande componente de programação de bateria (com o open source Hydrogen) e de mistura digital (com o semi-livre Reaper Fm).
Aqui fica a Irrigação do Sonho, com bateria tocada por João Sousa, samples de um concerto de Deslize, poema e voz de Ramiro Torres, e outros sons do baú.

Pode ouvir-se aqui.

NOTA: a fotografia, que faz parte do projecto Tartaruga, é de Nuno Mangas Viegas.

Sobre o autor / a autora

João Sousa

João Sousa

(Portugal) Redactor, produtor, director, editor e músico na empresa A Besta, Músico na empresa a-nimal e Músico na empresa O Poema (A)Corda

Sem comentários

Ainda não há comentários

Ninguém deixou um comentário para este post ainda!

ESCREVA UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE POST

Escrever um comentário 

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *