Mensagens de Ramiro Torres

🔍Leia o artigo completo Entrevista a Marta Dacosta

Entrevista a Marta Dacosta

0 comentários 🕔10:00, 27.Abr 2017

- Palavra Comum: Que é para ti a poesia (e a literatura)? - Marta Dacosta: Comunicación. É fundamentalmente unha forma de comunicación, de expresión de emocións, sentimentos ou ideas, empregando as técnicas e as ferramentas que a arte nos permite. Ferramentas coas que podemos conseguir conmover e que, por tanto, inciden positivamente na recepción da nosa mensaxe. - Palavra Comum: Como levas a cabo, no teu caso, o processo de criação poética? - Marta Dacosta: Considero que é

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista a Quim Farinha (Talabarte) sobre <em>Fake</em>

Entrevista a Quim Farinha (Talabarte) sobre Fake

0 comentários 🕔09:02, 24.Abr 2017

- Palavra Comum: Como foi o processo de trabalho de Fake? - Quim Farinha (Talabarte): Deu começo há quase dous anos (ano e meio antes da saída do disco), quando estávamos a fazer umha gira na que misturávamos música e cozinha, empregando como fio condutor certas histórias de um livro chamado "Notas de cozinha de Leonardo da Vinci". Este fantástico livro dá a conhecer umha série de receitas do mestre renascentista, assim como alguns inventos que

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista a Emma Pedreira: “Prefiro o contacto co mundo a través da arte porque así o mundo fai menos dano”

Entrevista a Emma Pedreira: “Prefiro o contacto co mundo a través da arte porque así o mundo fai menos dano”

0 comentários 🕔10:00, 20.Abr 2017

- Palavra Comum: Que é para ti a literatura? - Emma Pedreira: É a miña zona de conforto, un refuxio, un lugar onde habitar as posibles vidas paralelas polas que unha persoa pode preguntarse en determinados momentos. Tamén é un lugar de preguntas e de respostas, de interpelación, autoexploración e experimentación, de aprendizaxe. Unha escola non regulamentar subsidiaria. E un buraco negro que, ás veces, ameaza con tragarme. - Palavra Comum: Como entendes -e levas a cabo,

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista ao escultor galego Nando Pereiro: “Hoxe en día hai poucas cousas máis subversivas que o compromiso coa procura da beleza”

Entrevista ao escultor galego Nando Pereiro: “Hoxe en día hai poucas cousas máis subversivas que o compromiso coa procura da beleza”

0 comentários 🕔12:00, 20.Mar 2017

- Palavra Comum: Que é para ti a arte? - Nando Pereiro: Para min a arte é, en esencia, unha forma de alquimia, un acto de transformación que acontece primeiro sobre a materia, e mais ao longo do tempo sobre un mesmo e sobre a colectividade, que remata por valorar o traballo do creador e incorpórao ao seu patrimonio cultural, facéndoo seu. Tocante ao primeiro punto, cabe dicir que hai algo máxico en converter a materia

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista ao antropólogo galego Rafael Quintía: “A antropoloxía ten que estar ao servizo da sociedade e baixar ao campo de batalla da vida cotiá”

Entrevista ao antropólogo galego Rafael Quintía: “A antropoloxía ten que estar ao servizo da sociedade e baixar ao campo de batalla da vida cotiá”

0 comentários 🕔12:20, 13.Mar 2017

Rafael Quintía Pereira. (Vigo, 1971). Licenciado en Antropoloxía Social e Cultural, Licenciado en Ciencias Económicas e Empresariais, escritor, documentalista e músico tradicional. Traballa como antropólogo profesional. É membro fundador e presidente da Sociedade Antropolóxica Galega (SAGA) Tamén foi membro fundador do Grupo de Estudos Etnográficos Serpe Bichoca e leva 25 anos vencellado ao asociacionismo e á dinamización sociocultural. - Palavra Comum: Que é para ti a antropologia? - Rafael Quintía: A antropoloxía defínese como o estudo sistemático

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista à escritora portuguesa Fausta Cardoso Pereira: “Há quem acuse a literatura de ser perigosa. Têm razão. Nunca se viram rebanhos a ler”

Entrevista à escritora portuguesa Fausta Cardoso Pereira: “Há quem acuse a literatura de ser perigosa. Têm razão. Nunca se viram rebanhos a ler”

0 comentários 🕔09:30, 02.Mar 2017

Fausta Cardoso Pereira nasceu em 1977, em Lisboa. Estudou Publicidade, Marketing, Comunicação Social e Sustentabilidade. Trabalhou como criativa copywriter, fez produção de cinema de animação e gestão de projectos na área da responsabilidade social. Alguns dos seus projectos foram premiados no Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho e pela Confederação Portuguesa de Voluntariado. Tem publicado Bom Caminho e O Homem do Puzzle. Em 2017 ganhou o II Prémio Antón Risco de

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista à escritora brasileira Susanna Busato: “A Arte é uma via inteligente para o conhecimento transformador do mundo”

Entrevista à escritora brasileira Susanna Busato: “A Arte é uma via inteligente para o conhecimento transformador do mundo”

0 comentários 🕔12:00, 27.Fev 2017

Susanna Busato, autora do livro Corpos em cena, é uma gaivota paulistana. Filha dos anos 60, meio hippie nos anos 80, virou professora universitária nos anos 90 com a poesia na rota da vida. Durante os voos virou Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC/SP) e Doutora em Letras (UNESP/São José do Rio Preto), onde fincou o bico como professora de Poesia Brasileira, e onde tem um grupo de estudos de poesia, o GEP/CNPq. Hoje se

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista ao poeta moçambicano Jaime Munguambe

Entrevista ao poeta moçambicano Jaime Munguambe

4 comentários 🕔09:30, 20.Fev 2017

Jaime Munguambe nasceu em Maputo, no dia 27 de Outubro de 1991. É membro do Movimento Literário Kuphaluxa. Colabora em antologias, revistas, jornais e blogues de publicação literária a nível nacional e internacional. Em 2009 foi agraciado com o Prémio Recital de Poesia do Conselho Municipal da Cidade de Maputo. E, em 2015 Prémio Literário do Banco de Moçambique, categoria de poesia. - Palavra Comum: Que é para ti a literatura? - Jaime Munguambe: É a arte

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista a Xiao Berlai

Video Entrevista a Xiao Berlai

0 comentários 🕔10:15, 09.Fev 2017

- Palavra Comum: Que são para ti a música e a literatura? - Xiao Berlai: Vou falar do caso de Desconhecido, onde misturo poesia e música duma maneira completamente intuitiva, livre e sincera. Onde os poemas, ao ser cantados ganham uma força diferente à que teriam por si sós. Do mesmo jeito a música, os ambientes sonoros criados para narrar a história do homem Desconhecido, completam-se com o verso, com a concretização da palavra, da imagem

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista ao escritor português João Pedro Mésseder/José António Gomes

Entrevista ao escritor português João Pedro Mésseder/José António Gomes

1 comentário 🕔11:00, 26.Jan 2017

João Pedro Mésseder (n. 1957, Porto): nome literário de José António Gomes. Publicou cerca de três dezenas de livros para adultos e para crianças (poesia, escrita aforística, conto, ensaio, etc.). Prémio Maria Amália Vaz de Carvalho – Poesia 1999 pelo livro Fissura (Caminho, 2000); 1.º Prémio do 5.º Concurso Literário do Sindicato dos Professores da Região Centro por Uma Pequena Luz Vermelha (2000); Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância 2014 por Pequeno Livro

LEIA MAIS