Mensagens de Ramiro Torres

🔍Leia o artigo completo Entrevista ao músico e autor teatral Gonçalo Guerreiro: «A arte está para revelar a vida»

Entrevista ao músico e autor teatral Gonçalo Guerreiro: «A arte está para revelar a vida»

0 comentários 🕔10:10, 06.Out 2017

- Palavra Comum: O que é para ti a música? E o teatro? - Gonçalo Guerreiro: Ambos fazem parte desta necessidade que tenho de representar e reinventar a vida. Ao fazê-lo sinto que lhe dou um sentido mais honesto. O teatro permite-me integrar a realidade social, compreender melhor os seres humanos, exaltar as suas paixões e eventualmente denunciar situações que me incomodam. Com a música tenho uma relação mais íntima. A música canaliza as minhas emoções

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo “Crecho”, de Nando Pereiro & poema de Ramiro Torres

“Crecho”, de Nando Pereiro & poema de Ramiro Torres

0 comentários 🕔11:35, 29.Set 2017

CRECHO Arquitectura do sonho elevada ao olho incendiário que aguarda na manhã mais nua do existente, pertences ao inebriante que se alça do invisível até o centro inexausto onde irrompe o oceano convertido neste pulso do universo na face solar.

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista ao escritor português André Domingues: “Não há literatura sem nudez”

Entrevista ao escritor português André Domingues: “Não há literatura sem nudez”

0 comentários 🕔09:00, 22.Set 2017

- Palavra Comum: Que é para ti a literatura? - André Domingues: A literatura, para mim, sempre foi um espaço de nudez; não absoluta, claro, mas inegociável. Não há literatura sem nudez. A nudez dos corpos, a nudez da vida, tantas vezes acalentada por uma tristeza lenta e delicada, mas também a nudez da alegria, a nudez dos mundos impensáveis, e a tremenda nudez do presente, do tempo em que vivemos, essa nudez terrível como Blake

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista a Brais das Hortas: “Temos un universo de propostas culturais”

Entrevista a Brais das Hortas: “Temos un universo de propostas culturais”

0 comentários 🕔10:35, 15.Set 2017

- Palavra Comum: Que são para ti as artes? - Brais das Hortas: Con retranca e cariño, para min a arte é chegar a fin de mes sendo artista e con dúas fillas. - Palavra Comum: Como entendes (e levas a cabo, no teu caso) o processo de criação artística? - Brais das Hortas: Como podo! No meu caso, non é que me retire a un lugar bucólico a esperar polas musas. Póñome a crear mentres fago a

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista a Ugia Pedreira: “A música salvou-me desde nena”

Entrevista a Ugia Pedreira: “A música salvou-me desde nena”

0 comentários 🕔11:00, 04.Set 2017

- Palavra Comum: Qual é a tua perspectiva sobre a música e o seu vínculo com as artes e a vida? - Ugia Pedreira: A música salvou-me desde nena, voei por cima de momentos difíceis graças à senhora musa. Também foi umha forma de jogo, ainda o é. Som vinculeira e joguei muito só, mas quando tivem e tenho oportunidade som companheiros-as de jogo quem compartilham conmigo experiéncia arredor dela. Desses momentos aprendim a relacionar-me e

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista à poeta portuguesa Marília Miranda Lopes: “entendo a Arte como processo avassalador constante que tende a provocar fendas para construir outra coisa”

Entrevista à poeta portuguesa Marília Miranda Lopes: “entendo a Arte como processo avassalador constante que tende a provocar fendas para construir outra coisa”

0 comentários 🕔09:00, 14.Ago 2017

Marília Miranda Lopes nasceu no Porto, a 22 de Maio de 1969. Formou-se em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade da cidade onde nasceu. É professora prossionalizada de Língua Portuguesa do Ensino Secundário e formadora pelo Conselho Cientíco-Pedagógico de Formação Contínua nas áreas das Didácticas Especícas e das Ocinas de Escrita - Poesia e Teatro. Foi bolseira dos Serviços de Belas Artes da Fundação Calouste Gulbenkian, ao abrigo do programa "Dramaturgia

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Mudanças

Mudanças

1 comentário 🕔13:06, 26.Jul 2017

Por vontade própria, e agradecendo toda a travessia feita até este momento na Palavra Comum, deixo a codirecção deste navio para aproveitar de maneira mais calma o fluxo de energia que vem sendo a vida, sempre nas imediações do Conhecimento. Toda a força contida neste espaço mereceu o esforço feito, com a recompensa de tanta luz como se derramou por dentro do coração graças a todas e todos vós. Agora começa outra forma de viagem,

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Amazona, escultura de Nando Pereiro e poema de Ramiro Torres

Amazona, escultura de Nando Pereiro e poema de Ramiro Torres

0 comentários 🕔10:30, 21.Jul 2017

AMAZONA Volta para o fulgor, irrompe a amazona desde a pureza da sua ilimitação, candente o mundo na entranha alta do poema onde sangram as formas e irrigam o visível com o seu fulgor estranho ao tempo, auscultando a vida na entranha absoluta que dança na luz e lança os seres até a sua plenitude.

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista ao escritor português João Manuel Ribeiro

Entrevista ao escritor português João Manuel Ribeiro

0 comentários 🕔10:45, 30.Jun 2017

João Manuel Ribeiro é poeta, escritor, editor e investigador. Doutor em Ciências da Educação, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, com dissertação sobre «A Poesia na Escola – Resposta ao texto poético e organização do ensino». Mestre em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores, pela mesma Faculdade, com dissertação sobre «A Poesia no 1.º Ciclo do Ensino Básico – Das Orientações Curriculares às decisões docente». Master em livros e

LEIA MAIS
🔍Leia o artigo completo Entrevista a Maria João Cantinho: “A poesia é para mim uma forma de respirar”

Entrevista a Maria João Cantinho: “A poesia é para mim uma forma de respirar”

0 comentários 🕔09:00, 26.Jun 2017

Nasceu em 1963, em Lisboa e viveu a sua infância em Angola. Regressou em Fevereiro de 1975 e estudou na Universidade Nova de Lisboa, onde se licenciou em Filosofia, realizou dissertação de mestrado (tendo publicado o livro O Anjo Melancólico a partir da dissertação) e se doutorou, em Filosofia Contemporânea, com a tese Walter Benjamin, Messianismo e Revolução: a História Secreta. Actualmente é professora no Ensino Secundário e foi Professora Auxiliar no IADE (Creative University

LEIA MAIS